7 de mai de 2009

O Acreano Sérgio Souto na Barca Brasília

Neste fim de semana, em comemoração ao dia das mães, 9 e 10 de maio, sábado e domingo, a Barca Brasília apresenta o compositor e poeta Sérgio Souto acompanhado pelo instrumentista Marcelo Homem, mantendo a tradição de navegar no Lago Paranoá trazendo a bordo os melhores expoentes do cenário poético-musical brasileiro. O tom colorido das belíssimas imagens do entardecer de Brasília, a revoada dos pássaros aos ninhais e os tesouros, arquitetônicos e naturais do Lago, irão fazer parte da experiência dos navegantes com as doces canções de Sérgio Souto, que fará homenagem às mães e ao escritor, compositor e poeta Paulo César Pinheiro, seu parceiro e amigo.

SÉRGIO SOUTO

Acreano de Sena Madureira, radicado, desde os quinze anos, no Rio de Janeiro, trás na alma os temas amazônicos com os quais mesclou a linguagem complexa do espaço urbano na sua experiência musical. Atento aos sons dos Brasis presentes na sua realidade, construiu um trabalho cativante e moderno, com ampla aprovação de público e da crítica por seu estilo inovador e peculiar. Seu repertório musical transita com extrema naturalidade entre a tranqüilidade da mata e as incertezas e inquietudes do ritmo acelerado de um cotidiano urbano. Com dez discos gravados, o cantor e compositor tem músicas de sucesso interpretadas por artistas de renome como Jessé, Cristina Santos, Nelson Gonçalves, Fabíola Sendino, Elba Ramalho, Eliana Printes, Nilson Chaves, entre muitos outros. Sérgio Souto, este ano, além de se preparar para gravar o seu 11º disco, grava também, no Acre, seu 1º DVD comemorativo de 30 anos de carreira, com uma produção arrojada, e com a participação de grandes nomes da Amazônia e a orquestra sinfônica do Acre. A espontaneidade do seu processo de compor associa-se aos trabalhos de seus parceiros letristas Paulo César Pinheiro, Sergio Natureza, Amaral Maia, Sergio Napp, Aldir Blanc, Jota Maranhão, Agenor de Oliveira, Joãozinho Gomes, Jorge Andrade, Jorge Vercilo e muitos outros.
MARCELO HOMEM

É profissional desde os anos 80. Na arte da música é violonista, guitarrista, diretor musical, arranjador, produtor e compositor. Acompanhou artistas da MPB como Alcione, Nana Caymmi, Carlos Lyra e Quinteto Violado. Já tocou com instrumentistas como Manasses, Dominguinhos, Nonato Luis, Paulo Moura, Arismar do Espírito Santo, Altamiro Carrillo, Wagner Tiso, Adriano Giffoni, Wanderley Pereira, Paulo André, Ocelo Mendonça, entre outros. Assinou a direção musical de vários festivais de música de Camocim-CE e do Festival Prêmio SESC de Música “Terra Brasilis”. Radicado em Brasília há cinco anos atua no circuito cultural da cidade em espetáculos promovidos pelo SESC, Clube do Choro, Teatro Nacional e demais espaços da cultural local.

Portal Amazônia
Imagem: cartunistabraga.blogspot.com

Nenhum comentário: