9 de dez de 2008

Festival de Teatro nos palcos de Macapá

A partir desta terça-feira (09), até sábado (13) acontece o 3º Festival de Teatro do Meio do Mundo em Macapá, com entrada gratuita. São 15 espetáculos apresentados por 14 companhias. O Festival é uma realização da Federação Amapaense de Teatro Amador (Fata), patrocinado pelo Governo do Estado, com incentivo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae-AP) e Serviço Social do Comércio no Amapá (Sesc-AP).

O 3º Festival de Teatro do Meio do Mundo terá início às 20h desta terça-feira no Teatro Porão do Sesc-Araxá com o show “Um dia daqueles”, da dupla Os Cabuçus. Nas quarta, quinta e sexta-feiras os espetáculos serão pela manhã, à tarde e à noite. No sábado, as encenações ocorrerão à tarde e à noite.

O evento será classificatório para o 2º Festival Nacional de Teatro do Meio do Mundo, marcado para junho de 2009, que ocorrerá em Macapá, Santana e Laranjal do Jari. A cidade do Oiapoque poderá desta vez entrar no circuito do festival. Cinco das peças apresentadas no evento que começa hoje serão escolhidas por jurados para participação do evento nacional que trará ao Amapá representações teatrais de 20 estados e do Distrito Federal.

A programação prosseguirá na quarta-feira (10) no Centro Cultural João Batista de Azevedo Picanço, às 9h, com a peça “Castelinho Misterioso”, espetáculo infantil do grupo Pirlimpimpim. À tarde será a vez de “Córtex cerebral”, do Teatro Arena, às 15h, também no Centro Cultural João Batista de Azevedo Picanço, local onde à noite ainda será encenada "Sacrafolia", do grupo Teatração.

A programação de quinta-feira (11) começará às 9h no Teatro Porão do Sesc-Araxá com “Boto tucuxi, o senhor das águas”, responsabilidade do grupo Piracuí. Depois, às 15h, ainda no Teatro Porão, “Bent”, do grupo Os Desclassificáveis. À noite serão feitas duas encenações, uma em frente e outra dentro do Teatro Porão – às 19h o espetáculo de rua “Um velório”, do Grupo de Cena; às 21h, “Pecado”, do grupo Língua de Trapo.

A sexta-feira (12) terá o Museu Sacaca como palco de três espetáculos: às 9h “Que palhaçada é essa?”, da Companhia de Arte Sem Censura; às 15h “Açaigol”, do festejado Bando do Teatro; e “Sentindo na pele”, do Grupo Ribaltas, às 19h. Também na sexta-feira será apresentada a peça “Alucinada noite de Artaud”, do Boca de Cena, no Teatro Porão, às 21h.

No sábado, dia do encerramento, toda a movimentação do festival será no Teatro Porão do Sesc, começando às 15h com “Boi tira-teima”, da Companhia Viva de Teatro, seguindo às 19h com o Grupo Língua de Trapo apresentando ”O triângulo” e finalmente às 21h “Retratos de uma atriz”, peça do Grupo Teatral Ruarte.

(Informações de Douglas Lima)

Nenhum comentário: