21 de jul de 2009

Uma prece...

(Tela "Folies Bergere, Arc en Ciel" de Jules Chéret)
Que a Terra se aquiete em tolerância
para com a desatenção dos homens,
regenerando suas forças,
assegurando assim o futuro de cada criança.

Que os homens ouçam a voz da Terra,
soprada pelos ventos,
e pintem seus cabelos com as cores do um arco-íris
vergado no arco do tempo.

Que a humanidade inteira,
num instante de lucidez reescreva sua história
e transforme o desejo de mudança
em atitude de perseverança.

Um comentário:

Ju Corrêa disse...

Acho que isso é o sonho mais intenso de cada um de nós! ♥