25 de jul de 2009

Hum... vai um pedacinho aí?


A receita não é minha, é do Jamie Oliver, chef britânico que faz ao vivo na GNT suas guloseimas no programa "Truques do Oliver". O "bolo de banana com sementes de papoula" quase pulou da telinha no meu colo. Então, caneta e caderno na mão saí anotando os ingredientes. No final da tarde, no supermercado, não encontrei as sementes de papoula e resolvi aboli-las da receita. Sabe lá se isso não ia deixar todo mundo maluco lá em casa.

Antes do bolo uma sopa de carne para meus pais. O ritual começa com música, Toquinho e Miúcha com a boa e sempre atual Bossa Nova. Refogado de carne (chambari) cortada em pedaços pequenos, água quente, panela de pressão, legumes quadradinhos, as folhas e as pequenas bruxarias com o tempero. No forno torradinhas com manteiga e orégano para acompanhar.

Feita a sopa, chega a hora do bolo. Quem quiser anote aí, vale à pena. Na batedeira bata 01 mais ¾ de xícara de chá de açúcar mascavo com 01 xícara mais 01 colher de sopa de manteiga (não compre à retalho que geralmente vem rancenta). Depois acrescente as bananas maduras em rodelas; se forem médias, 03, se forem enormes como as do tipo prata que comprei, uma e meia é o suficiente. Bata até que a banana se desfaça no creme.

Acrescente então as gemas de 04 ovos (as claras deixe separadas para o final), vão aí também 06 colheres de sopa de creme de leite (pode ser substituído por iogurte natural) e as tais sementes de papoula (02 colheres de sopa) que suprimi. Nesse ponto despeje aos poucos 03 xícaras mais 01 colher de sopa de farinha de trigo. Quando estiver bem misturada a farinha, acrescente 01 colher de sopa de essência de baunilha, 01 pitada de sal (não exagere) e 01 colher de sopa de fermento em pó.

Bata as claras em neve e acrescente 06 colheres de sopa de açúcar e uma pitada de sal. Misture esse merengue delicadamente à massa do bolo, com espátula ou colher. Se bater na batedeira desanda. Asse em forma untada e coberta com papel manteiga (jeito do Oliver). Eu assei sem o papel, mas polvilhei como se faz normalmente. Asse por 45 min em temperatura de 160ºC ou 180ºC. Não vá assar em fogo alto e queimar a casca do bolo. Paciência nessa hora é ciência.

Com o bolo assado e desenformado é hora de preparar a cobertura. Simples: misture 02 xícaras de açúcar de confeiteiro com raspas e suco de 01 limão. Escolha um limão grande e com caldo para dar certo. Misture bem e jogue por cima do bolo. Essa cobertura endurece rápido, portanto não tente esfregar muito na superfícia que vai acabar lascando o bolo. Aqui em casa quem provou, adorou. Fica assim uma mistura de doce com azedinho maravilhosa.
Bem, depois de lamber a colher e a vasilha da massa, lave tudo direitinho que é pra dar exemplo.

Nenhum comentário: