17 de mar de 2009

Invasões súbitas na madrugada

Quatro textos estranhos apareceram na manhã desta terça-feira (17) postados aqui no Papel de Seda. Eram matérias de assessorias de imprensa que perderam o rumo na rede e vieram parar aqui. Meu outro lado, que é jornalista com prazo de validade vencido, alimenta diariamente outro blog, que dá suporte ao programa de rádio Café com Notícia, apresentado por mim e pela também jornalista Ana Girlene Oliveira diariamente através da Rádio Equatorial FM.
Bem, era madrugada e o sono, misturado a mais um dia puxado, fez com que a jornalista invadisse a praia da aprendiz de escritora, que é meu lado aqui do Papel, deixando os pobres textos intrusos com aquele ar de quem entra na festa errada. Já os resgatei daqui. Os leitores devem ter estranhado um pouco. Fato é que sentei as duas - jornalista e escritora - para uma conversa e elas se entenderam. Cada uma no seu quadrado, a não ser que a terceira de mim, esta que voz escreve agora, autorize invasões súbitas.
Sobre uma delas - ou de mim - ser jornalista com prazo de validade vencido, bem isso tem a ver com a absoluta impossibilidade de exercício dessa profissão, na sua integridade, num rincão brasileiro onde a liberdade e a dignidade são pratos que se come frios... muito frios. Mas, isso é uma outra conversa, nada literária, que se for escrita em papel de seda pode rasgá-lo.

5 comentários:

marcos quinan disse...

Márcia,

Queria falar reservadamente no ouvido das três, pra cada uma delas iria dizer - gosto mais de você, mas como sei que conversam muito não iria dar certo - então digo logo:
Gosto mais das três...

Márcia Corrêa disse...

Ih! Ia dar uma ciumeira...

Lilian Dalledone disse...

Ai, Márcia, vc é chique até para se desculpar!...
rsrs
Uma coisa que não vence nunca é sua habilidade com as palavras.
beijos

Kiara Guedes disse...

Pra mim não faz diferença, eu gosto das quatro!!!
;)

Márcia Corrêa disse...

Kiara,
A quarta é aquela complicada?... rsrsr