6 de ago de 2009

Economista Charles Chelala lança livro na Unifap


Na próxima sexta-feira, 07 de agosto, no auditório da reitoria da Unifap, às 19 horas, o economista Charles Chelala lança o livro “A Magnitude do Estado na Socioeconomia Amapaense”, obra que resume dois anos de pesquisa sobre o tema no Mestrado em Desenvolvimento Regional da UNIFAP.

O estudo partiu de uma curiosidade surgida da expressão comum que descreve o Amapá como uma “economia do contracheque”, em alusão à forte presença do setor público na economia local. Apesar dos sinais evidentes do peso do Estado na economia amapaense, pouco se pesquisou ou se publicou sobre o assunto.

No livro são abordados alguns momentos históricos em que se fez marcante o papel do Estado no Amapá, como na defesa e ocupação em suas origens; na interação com empreendimentos privados na época de Território Federal e na atualidade, com os regimes aduaneiros especiais e na atuação diante da economia mineral.

Na obra são pesquisadas oito dimensões de manifestação do Estado na socioeconomia, por exemplo: o percentual da administração pública no PIB, a quantidade de servidores públicos, as despesas de pessoal, o gasto público, entre outros itens. O Amapá foi comparado aos outros ex-Territórios Federais, ao Distrito Federal e a mais três estados, além de cotejado com a média geral do Brasil.

O resultado obtido no livro revela que o Amapá é a unidade da federação brasileira na qual é maior a presença do Estado na economia, seguido de perto pelo DF e, um pouco mais distante, por Roraima e pelo Acre.

O livro de Charles Chelala é uma contribuição para a compreensão dos aspectos centrais da economia do Amapá, sendo útil a todos que se interessem pelo tema.
Por Alcilene Cavalcante

Nenhum comentário: