27 de fev de 2009

Águas de abril


e por falar em pele
tatuastes desejos na minha epiderme
e tanto os acaricio
que eles ganham vida e dançam
inquietando saudades sobre mim
e eu deixo


enquanto brincam os desejos
adormeço
e minha alma liberta
vai criar marcas na pele da tua alma
até que a saudade inquieta
mergulhe nas águas de abril


(Tela: Romantic Stroll, de Brent Heighton)

Nenhum comentário: