19 de fev de 2009

Alunos de escola agrícola de Macapá produzem filme

Alunos da Escola Agrícola Padre João Piamarta, no Distrito do Coração, em Macapá, estão produzindo um filme. Os estudantes que compõem o elenco moram no entorno da instituição de ensino. O filme será o segundo feito pela escola, o primeiro foi “Dona Felicidade” e o que está sendo produzido terá o título de “Dona Felicidade 2”. Uma produção simples com elenco de 25 atores. As gravações são dirigidas pelo professor Bruce Arraes, que também exerce as funções de produtor e ator. De acordo com o educador, fazendo parte de um filme, os estudantes encontram uma outra forma de comunicação. "O filme deverá estar concluído no mês de outubro de 2009, estreará no dia 12 do mesmo, comemorando o Dia das Crianças. Até lá teremos muito trabalho e gravações. Os atores mostram como estão preparados a participar de um filme com talento e criatividade, cada aluno tem script na cabeça", afirmou o professor.

(Fonte: TV Amapá)

4 comentários:

Altar da Lua Crescente disse...

Teu parceiro manda avisar que a musica da Hanne ta pronta, eu adorei, ficou muito boa, chato é que não consigo escutar sem derramar lagrimas. Beijocas.

Márcia Corrêa disse...

Pois é! Estou preparando o coração pra ir ouvir. Esse Zé!

Anônimo disse...

OLÁ
GOSTARIA DE INFORMAÇOES SOBRE ESCOLA DE ATORES NO MACAPÁ, SE EXISTEM ESCOLAS DE TEATRO.
COMO NAO SABIA POR ONDE COMEÇAR ACHEI VCS, E ACHEI Q PODERIAM ME AJUDAR.
SOU PRODUTORA DE ELENCO DE UMA PRODUTORA DE CURITIBA E SURGIU A POSSIBILIDADE DE FAZER UM LONGA METRAGEM AI,DAI COMEÇEI A PROCURAR ATORES.
SE SOUBER E PUDER ME AJUDAR...
PAULAPLODOWSKI@HOTMAIL.COM OBRIGADA

Explorer Produções disse...

Conheça o Festival de Vídeo Estudantil e Mostra de Cinema de Guaíba, através do site www.festvideoguaiba.com.br.
Durante o ano realizamos mostras e oficinas em especial para professores e alunos que deseja se preparar para o Festival.
Durante a semana do Festival que acontece em novembro são exibidos e premiados vídeos produzidos em sala de aula (educação infantil, ensino fundamental, médio e técnico) e obras que contribuam com a proposta do evento, além do tradicional Seminário Mídia e Educação.