18 de mai de 2010

Osmar Júnior e Francisco Lino: Menestréis do Laguinho

Francisco Lino e Osmar Júnior são os artistas laguinenses protagonistas do show “Os Menestréis do Laguinho” cantando relíquias musicais da cultura amapaense. Os dois são donos de histórias de vida contadas e cantadas que estão na memória não somente de quem mora no bairro Laguinho, mas de qualquer cidadão amapaense. Fundador e presidente de honra da Universidade de Samba Boêmios do Laguinho, Francisco Lino é autor de sambas que estão imortalizados tanto quanto ele próprio no carnaval. Osmar Júnior faz parte de uma geração talentosa e ousada do bairro que mostrou através da sua arte, os cantos, personagens e a cultura do Amapá, em especial do Laguinho.

As histórias dos dois se cruzam a partir das ruas e bares do bairro, do amor pela Universidade, vivência com tocadores e cantadores de caixas de marabaixo e batuque e entrosamento perfeito com os moradores, estas experiências são matérias-primas traduzidas pelos artistas em suas obras. Igarapé das Mulheres, Pedra do Rio e Festejo, são apenas algumas das canções de Osmar Júnior que mesmo começando cedo sua trajetória musical, aos 17 anos, nunca deixou de estar em evidência, seja através de parcerias com outros músicos, participação em festivais ou lançamento de cd’s de sua autoria.

Herdeiro de história de luta no início da cidade que carrega nas veias o sangue poético e desbravador de seus antepassados, Francisco Lino, neto da parteira Mãe Luzia, sempre esteve presente nos acontecimentos do bairro. Foi nas festivas noites laguinenses em companhia de outros ilustres moradores que nasceu a Universidade Boêmios do Laguinho, sambas poéticos em homenagem ao bairro e uma história que se confunde com a do Laguinho.

Os dois estarão no mais rico encontro de talentos do bairro, o show “Menestréis do Laguinho”, produzido pela Sônia Canto Produções, com direção musical do maestro Manoel Cordeiro, direção artística de Thomé Azevedo e participações especiais de Carlos Piru, Macunaíma, Neck, Ilan e Tyson Tiassu. No palco acompanham os artistas a banda formada por Taronga, Beto Sete Cordas, Carlinhos Bababá, Ceará da Cuíca, Nena Silva, Pelé e Nel. O show será na sede do Centro de Cultura Negra do Amapá, no Laguinho, dia 28 de maio, às 22:00. Mesas estão sendo vendidas a R$ 40,00 e individual custa R$ 15,00. Contatos pelos fones: 3225-6733/8111-0695

Sorveteria Jesus de Nazaré

Banca do Ceará – praça Veiga Cabral

Bar Calçadão do Valdir – Esquina da General Rondon com General Osório.

Mariléia Maciel

Assessora de Comunicação

Nenhum comentário: