9 de abr de 2009

Em silêncio


mais fria que o silêncio
é a ausência de palavras
o silêncio é morada
as palavras não ditas
são o ermo da vontade

deixa ficar sem palavras
que o silêncio se basta
e a vontade que era tanta
sem rega, desencanta


(Tela: Skywatcher, de Susan Seddon Boulet)

Nenhum comentário: