25 de dez de 2009

Elias de Paula: Poema de Natal


Que tua estrela sempre brilhe e retorne ao teu céu,
Iluminando o teu renascimento e do teu mundo,
E todos os teus sonhos e esperanças do melhor que há em ti,
Possam se confirmar como uma divina Dádiva.
Que a paz se abrigue em teu espírito e em tua alma,
O amor seja o hóspede permanente de teu coração,
E a alegria se abra em teu sorriso e em teus olhos,
Transbordando a tua volta e anunciando tua chegada.
Que a tua vinda e vida sejam sempre um anúncio de festa
Para os que te cercam, te encontram e te amam,
E que o reconhecimento da realeza de tua origem,
Resplandeça no berço de tua humildade.
Que todos os homens e mulheres de boa vontade,
Possam reconhecer em ti a Mensagem de Boas Novas,
E tenhas aos teus pés os presentes que serão teus tesouros
E que jamais serão subtraídos: tua sabedoria e tranqüilidade.
Que os anos da Luz te cerquem e cuidem de teu caminho,
E que a Graça e a benção de Deus estejam sobre ti,
A chama divina jamais se apague em teu templo interior,
E sejas sempre o melhor presente para ti e para os teus.
Que as estações se sucedam em tua vida te dêem viço,
e possas realizar as semeaduras e as colheitas do Bem,
E assim cultives os jardins e construa as pirâmides
Que marcarão tua vida e tua eternidade.
Corra sempre o rio em que te purifiques e renasças,
O vinho da alegria nunca falte na festa de tua vida,
E os pães se multipliquem sempre e possas reparti-los,
Entre os que necessitam e na ceia dos que te amam.
Que ninguém te atire pedras, mas comemore tua chegada,
Derramando-te óleo perfumado sobre teus cabelos e teus pés,
E se houver tempestade, que ela cesse perante ti,
E o mar da vida se abra para que possas atravessá-lo.
Que o teu nome esteja escrito no Livro dos Filhos da Luz e da Eternidade.

Com todo Amor e Carinho, Obrigado por Ti.

Elias de Paula Araújo

Nenhum comentário: