30 de mar de 2011

Elias de Paula: Elegia a José Alencar

 
Ex vice-presidente José Alencar (17.10.31 a 29.03.11)

 Descansa, querido amigo,
Que tua lide está finda,
Tua obra completa,
E o Criador chama por ti.
Dorme, querido filho,
Que o Brasil vela teu sono,
Teus feitos são reconhecidos
E tua saga é enaltecida.
Repousa, querido cidadão,
Que o País inteiro pranteia-te,
Tua memória é reverenciada
E todos te aclamam a coragem.
Tranqüiliza-te, querido irmão,
Que tua fé e retidão estão provadas,
Tua coroa de louros pronta,
E as orações por ti tocam os Céus.
Sossega, querido pai,
Que tua vida torna-te imortal,
Tua perenidade foi conquistada
E cobres de honra tua descendência.
Alegra-te, querido companheiro,
Que tua semeadura foi fecunda,
Teus jardins da eternidade florescem
E te abrem as portas do Paraíso.

 

© Elias Araújo

Nenhum comentário: